Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

5 dicas para organizar seu dinheiro no início do ano

Descubra como bons hábitos financeiros podem ajudar seu orçamento, principalmente, no início de ano
Notas de dinheiro

Ano novo, vida nova, novas metas e muitas expectativas para renovar tudo o que for preciso. O começo de ano é uma oportunidade para revisar diversas áreas da vida e por que não mais uma chance para organizar seu dinheiro?

Uma pesquisa do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) em parceria com a CDNL revela que quase 90% dos brasileiros não fazem um planejamento financeiro para arcar com as despesas de início de ano. 

Se você também tem dificuldade de cuidar das suas finanças, veja abaixo um passo a passo que vai te ajudar a organizar seu dinheiro do começo até o fim do ano. 

 

Como organizar seu dinheiro em 5 passos

Mesmo que janeiro seja cheio de despesas, isso não significa que não dá para equilibrar os gastos e encontrar alternativas melhores para aproveitar os outros meses com mais folgas no orçamento. 

A seguir, confira dicas essenciais para organizar seu dinheiro com mais planejamento e disposição. 

1. Avalie o quanto ganha e gasta 

 

A fórmula básica de qualquer boa organização é gastar menos do que se ganha. Ok, mas como fazer isso na prática? Procure começar a criar o hábito de ter um lugar para anotar tudo o que ganha e gasta no mês.

Você precisa saber separar suas necessidades essenciais do que é desnecessário. Assim, consegue entender melhor para onde vai o seu dinheiro e visualizar o que pode ser feito para economizar mais.

Uma estratégia é separar seus gastos por categorias, sendo dividido em essenciais e variáveis. Por exemplo, os tipos de despesas essenciais mais comuns são: moradia, transporte, alimentação e saúde. Já as variáveis, normalmente são relacionadas ao lazer, entre elas compras, passeios e viagens. Descubra como fazer seu orçamento neste link.

2. Se necessário, negocie suas dívidas

 

Aproveite o ritmo de organização de dinheiro para avaliar suas dívidas e começar a quitá-las. Quanto antes você fizer isso, menores serão as dores de cabeça.  

Você pode entrar em contato com a instituição financeira, loja ou pessoa física para negociar uma condição favorável, analisando um pagamento à vista com mais descontos ou a prazo. 

3. Faça um orçamento

 

Como você já organizou suas contas - ganhos e despesas, vai ficar fácil montar um orçamento das suas finanças. A ideia é que você estabeleça o máximo de dinheiro que pode ser usado para cada uma das suas necessidades - também chamadas no item 1 de categorias de gastos.

Quando você visualiza tudo, facilita flexibilizar as contas. Por exemplo, se gastou mais do que imaginava no supermercado, pode tentar sair menos até o fim do mês. 

4. Comece a guardar dinheiro

 

Ter um dinheiro guardado ajuda a realizar sonhos e não deixa ninguém ser pego de surpresa, caso aconteça um imprevisto. Hoje, existem diversos métodos eficientes e práticos para guardar dinheiro, muitos deles já falamos por aqui, como desafio das 52 semanas e táticas para juntar um milhão de reais

Aproveite que está organizando seu dinheiro e começa a guardá-lo para montar sua reserva de emergência, fazer investimentos e conquistar suas metas financeiras. Um jeito fácil de guardar suas economias é usando uma conta com rentabilidade superior à poupança

5. Tenha sempre um objetivo em mente

 

Para sempre dar continuidade ao planejamento financeiro, você pode definir os seus objetivos de curto a longo prazo. Eles se tornam mais atrativos quando nomeia o que realmente deseja.

Em vez de falar apenas: “quero ter um dinheiro guardado”, seja mais específico, por exemplo: “quero viajar para o Nordeste nas férias”. Se perguntando e respondendo por que está se organizando, facilita visualizar os benefícios que serão conquistados.

 

Organize suas finanças e tenha dinheiro o ano inteiro 

Organizar seu dinheiro no começo do ano é a oportunidade de fugir das dívidas indesejáveis e pagar tudo o que precisa sem dores de cabeça. O bom é que você já pode ter mais motivação e tempo para realizar suas metas financeiras. 

Dê o primeiro passo e faça as mudanças e adaptações no seu orçamento conforme ganha experiência nas estratégias!

 

Guia Prático Finanças Pessoais


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados