Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Orçamento familiar: como fazer o seu

Veja o passo a passo para organizar as finanças da sua casa e ter mais dinheiro sobrando
Um casal e uma criança deitados em uma cama, olhando para tela de um notebook

Acaba o mês e você fica se perguntando para onde foi todo o seu dinheiro? Na maioria dos casos, isso acontece por causa das contas da casa que não param de chegar e, sem falar, quando não aparece um ou outro gasto inesperado.

Para conseguir deixar tudo em dia e não entrar no vermelho, uma estratégia que te ajuda a ter maior controle da sua vida financeira é o orçamento familiar. Entenda agora como funciona essa ferramenta e como usá-la no seu dia a dia. 


O que é orçamento familiar?


Orçamento familiar é exatamente o que o nome sugere: o controle de tudo que entra e tudo que sai das contas de uma casa. Nele, são considerados os ganhos e as despesas de todos os integrantes da família, todas as pessoas que moram em uma mesma casa.

A ideia é chamar todos para organizar as contas e criar um planejamento financeiro para evitar dívidas e, até mesmo, realizar sonhos e projetos familiares. Acaba se tornando uma atividade importante que envolve todos os membros.


Como fazer um orçamento familiar?


É importante que o orçamento familiar seja feito à risca e revisado com frequência - pelo menos, quinzenal ou mensalmente -, considerando todas as possibilidades de organização, planejamento e ações para melhorar despesas desnecessárias. Veja agora como se guiar para montar um sem dores de cabeça: 

1. Considere um aplicativo de controle financeiro


Contar com um aplicativo de finanças facilita o orçamento familiar e pode tornar a tarefa mais prática, rápida e segura. A vantagem é que todos podem ter acesso para trocar e salvar as informações sem risco de esquecer de nada.  

2. Liste todas as contas da casa - ganhos e despesas


É importante saber exatamente quais são os ganhos e despesas de toda a família. Nessa hora, vocês precisam entrar nos mínimos detalhes para não deixar passar nada em branco. Os gastos podem ser reunidos por categorias. Veja os mais comuns: 

seta2 Despesas essenciais: moradia, transporte, alimentação e saúde;
seta2 Gastos variáveis: compras, passeios e viagens;
seta2 Gastos fixos com pagamentos de serviços: TV a cabo, internet e plano de celular. 


3. Faça uma média de quanto entra e quanto sai


Depois que vocês mapearam todos os ganhos e despesas, o próximo passo para o orçamento é tentar estabelecer o máximo de dinheiro que podem usar para cada necessidade, principalmente em relação aos gastos variáveis. Isso fica mais fácil quando se tem uma média de tudo que entra e tudo que sai.

4. Analise quais gastos podem ser reduzidos


Saber quanto querem gastar em cada despesa também ajuda a calcular os gastos que podem ser reduzidos ou, até mesmo, cortados do orçamento. Por exemplo, a assinatura de algum serviço realmente é usada por todos? Ou ainda, será que é possível contratar um pacote mais barato? Isso é essencial para que haja organização e para que sobre mais dinheiro no final do mês.

5. Estabeleça metas 


O orçamento familiar fica mais atrativo quando existem objetivos em comum, algo que o torne uma prioridade. Por isso, é importante que se estabeleça uma meta que seja visualizável de médio a longo prazo. 

Algumas perguntas, como: “o dinheiro vai ser usado em quê?” e “como vão se sentir quando realizarem o objetivo?” é um dos possíveis caminhos para guiar o planejamento. Dessa forma, em vez de falar “precisamos guardar dinheiro”, que tal trocar por “vamos fazer um orçamento para viajarmos para o Nordeste no fim do ano”? 


6. Monte uma reserva de emergência


A reserva de emergência é aquele dinheiro que salva na hora dos imprevistos e dá mais segurança para não passar por nenhum perrengue financeiro ou dizer adeus às dívidas. Por isso, esse item deve ser considerado no orçamento familiar, inclusive como uma meta. Assim, caso necessário, é possível recorrer a esse dinheiro e evitar apertos. Mas qualquer valor é bem-vindo, o importante é começar mesmo que seja com apenas R$10.

7. Acompanhe tudo mensalmente


Vocês têm metas claras, ferramentas à disposição e um planejamento bem definido, tudo isso significa que estão no caminho certo. Mas, para não perder o hábito de acompanhar e controlar tudo é essencial que ninguém desista do orçamento. 

Um jeito para manter a família disciplinada é combinar que todos se ajudem para lembrar da importância de manter um acompanhamento mensal ou com frequências mais definidas por todos. 

 

💡 Educação financeira: 6 dicas para ter controle do seu dinheiro

 

O que deve estar no orçamento familiar?


Para te ajudar a ter um orçamento familiar organizado e bem detalhado, montamos uma pequena planilha para que você possa se orientar. Alguns exemplos das categoria de gastos e suas despesas relacionadas mais comuns são:  

seta2 Contas da casa: água, luz, internet e gás;
seta2 Transporte: gasolina e transporte público; 
seta2 Alimentação: supermercado;
seta2 Assinaturas de serviços: Netflix e outros serviços de streaming; 
seta2 Anuidades de cartão de crédito; 
seta2 Gastos com moradia: aluguel e financiamento;
seta2 Juros de empréstimos pessoais;
seta2 Outros gastos fixos: animais de estimação; 
seta2 Mensalidades fixas: parcelas de carro. 



Veja uma forma prática de criar uma planilha de orçamento familiar: 

 

planilha de orçamento familiar

Monte seu orçamento familiar e feche as contas no azul


Fazer um controle do orçamento familiar é a oportunidade que você tem para deixar todas as suas contas em ordem e poder aproveitar vários benefícios para simplificar a vida financeira da sua casa, sem preocupação com situações de emergência e com mais dinheiro para fazer mais passeios. 

Junte-se com sua família para criar um orçamento e aproveite as economias no presente e as conquistas que virão!

 

Serviços financeiros - Descubra como na conta Mercado Pago


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados