Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

O que é IPCA e como ele impacta sua vida financeira

Entenda o que significa esse índice oficial da inflação e como ele reflete no seu bolso.
Pessoa olhando gráficos e fazendo cálculos com ajuda de uma calculadora

Não é preciso ser um especialista em economia para perceber que tudo está mais caro nos últimos tempos, dos preços no supermercado ao aluguel de um imóvel. Realmente, houve uma alta nos custos de produtos e serviços e isso está diretamente ligado à inflação

A oscilação desse indicador tem impacto direto no contexto econômico e social do país, principalmente no que diz respeito ao seu custo de vida e ao poder de compra. Por isso é tão importante entender sobre os índices da inflação e antecipar seus impactos no dia a dia. 

E uma das taxas que permitem medir a inflação (ou deflação) no Brasil é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, também conhecido como “IPCA”. 

Descubra, abaixo, mais detalhes sobre esse índice e como ele impacta sua vida financeira. 

 

O que é IPCA


O IPCA é um índice que indica a variação dos preços de um conjunto de produtos e serviços. 

Ele é calculado todos os meses pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em diversas regiões metropolitanas, como São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador, entre outros, e, apesar de não ser medido no país todo, ele possui abrangência nacional. 

Para fazer o cálculo, o IBGE tem como base cerca de 430 mil preços em 30 mil locais. Eles são comparados com os valores do mês anterior ao cálculo para entender a variação nesse período. 

Entre as categorias de produtos utilizados estão: 

 

  • Alimentação e bebidas (como carnes, frutas e verduras)
  • Habitação (energia elétrica, taxa de água e esgoto)
  • Artigos de residência (móveis e eletrodomésticos)
  • Vestuário (roupas, calçados e acessórios)
  • Transportes (combustíveis e transporte público)
  • Saúde e cuidados pessoais (produtos farmacêuticos, exames, plano de saúde e afins)
  • Despesas pessoais (serviços e lazer)
  • Educação (cursos, livros e material escolar)
  • Comunicação (telefonia celular e internet)

 

Na prática, por meio do IPCA é possível entender se os valores desses produtos diminuíram ou aumentaram de um mês para outro, pois ele indica a variação do custo de vida média de famílias com renda mensal de um a 40 salários mínimos, o que representa uma grande parte da população. 

Em outras palavras, se caso acontecer uma inflação de 10% os produtos e serviços ficarão 10% mais caros ou que, inclusive, o seu dinheiro passa a valer 10% menos. 

 

Para que serve o IPCA


O IPCA tem grande importância na estratégia da política monetária brasileira, sendo usado como referência para o sistema de metas de inflação. Por meio dele, o país se compromete a manter a inflação dentro da faixa estabelecida periodicamente pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).

Dessa forma, ele tem grande impacto também nas decisões do Banco Central, influenciando as medidas sobre a taxa básica de juros da economia, a Selic, que é usada para controlar a inflação. 

Ou seja, quando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo está alto, o Banco Central costuma elevar os juros para esfriar o consumo e tentar conter as elevações nos preços

Outra função do IPCA está diretamente relacionada ao seu cotidiano e gastos, pois levando em conta seu custo de vida, o índice pode ser usado como uma referência em várias negociações.

 

Como o IPCA impacta sua vida financeira


Esse índice, assim como a inflação, tem a capacidade de fazer com que seu dinheiro perca valor, podendo impactar diretamente sua saúde financeira. Veja como ele pode impactar suas finanças: 

 

  • Orçamento mensal

Como a taxa representa a variação média dos preços e produtos mais consumidos nos lares brasileiros, o índice está relacionado ao seu custo de vida, podendo ter um reflexo significativo dependendo dos hábitos de consumo da sua família, pois isso é importante acompanhá-lo.

 

  • Poder de compra

À medida que a inflação sobe, seu dinheiro perde o valor. Em outras palavras, se a variação da sua renda for menor que o IPCA, os preços vão subir mais que seu poder de compra. Com isso, você passa a comprar bem menos do que está acostumado, mas com a mesma quantia de dinheiro. 

 

  • Acesso ao crédito

As condições de crédito e o ritmo da economia também sofrem influência do IPCA e isso acontece porque quando a inflação está abaixo da meta, o Banco Central diminui a Selic para estimular o comércio, reduzir taxas de juros e movimentar a economia. Já na situação contrária, existe um aumento nas taxas e os preços começam a subir, desacelerando a economia. 

 

O mundo dos investimentos também é impactado. Por isso, é preciso ter rendimentos acima da inflação para que haja ganhos reais. Ou seja, para não ter seu patrimônio desvalorizado, o indicado é investir em produtos que superem o IPCA, como Tesouro Direto, CDB e fundos de investimento. 

 

Comece a cuidar do seu dinheiro com mais responsabilidade


Entender o IPCA e seu funcionamento é essencial para acompanhar a lógica de alta ou baixa dos preços de produtos e serviços. Além disso, esse conhecimento ajuda a ter uma visão mais clara do seu poder de compra e a usar ou investir seu dinheiro de forma mais consciente e responsável.

 

Quer uma conta gratuita


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados