Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Restituição do Imposto de Renda: como funciona e quem tem direito?

Descubra se você tem direito sobre o imposto a restituir e como funciona esse processo
Um caderno, um celular e uma calculadora em cima da mesa

Quando o assunto é Imposto de Renda, uma das perguntas mais comuns é a respeito da restituição: o que é, como funciona, quem tem direito, como consultar e resgatar na sua conta. Mas, fique tranquilo, que vamos te ajudar! 

A restituição do imposto de renda, nada mais é do que a devolução do imposto pago a mais, ou seja, ela só é considerada quando o contribuinte ao longo do ano pagou um valor a mais do que realmente deveria pagar ao Fisco no último ano tributável e, geralmente, isso é comprovado no momento da sua declaração, tendo a Receita Federal que devolver a diferença. 

Descubra, abaixo, se você se encaixa no perfil de pessoas que devem receber a restituição. 

 

Como saber se você tem direito a restituição do Imposto de Renda?


Mesmo que você cumpra os requisitos para fazer a declaração do
Imposto de Renda isso não significa que terá direito à restituição, já que ela depende diretamente dos seus gastos dedutíveis e de seus dependentes se tiver. Alguns exemplos desses gastos são: despesas médicas, pensão alimentícia, gastos com saúde, contribuição para a previdência social e previdência privada.

Os gastos dedutíveis são capazes de reduzir o valor usado como base no cálculo da alíquota do imposto, em outras palavras, o percentual usado para calcular o valor final de um imposto. Por exemplo, uma pessoa que tenha renda mensal de R$ 5 mil estará na faixa de 22,5% da alíquota, mas pode acontecer de diminuir caso ela tenha tido um número elevado de gastos dedutíveis. 

Com isso, a Receita Federal consegue analisar o total de gastos dedutíveis do contribuinte e o imposto que foi retido na fonte. Se o órgão notar que houve um desequilíbrio (a pessoa pagou um valor maior com os gastos do que o imposto a pagar) ou imposto retido foi maior do que deveria, a restituição do Imposto de Renda será feita.

Vale ressaltar que esse cálculo da Receita costuma ser automático, por isso, na hora em que a fizer a declaração já será informado sobre a possibilidade de receber ou não a restituição. 

 

O que fazer para solicitar a restituição?


A restituição não é um benefício que as pessoas precisam solicitar para receber. Pelo contrário, se no momento da Declaração do Imposto de Renda for sinalizado que  tem direito, a própria Receita Federal irá te informar.

Se você tiver valor a receber é possível acompanhar o status da restituição no site da Receita, pelo extrato da declaração através do aplicativo “Meu Imposto de Renda” ou no sistema do e-CAC, sendo possível consultar informações mais detalhadas.

 

Cadastre a sua conta para receber a restituição do Imposto de Renda


Caso você tenha direito à restituição do Imposto de Renda, será necessário cadastrar uma conta bancária no sistema da Receita Federal para que o valor seja transferido. 

Para isso, é preciso ter uma conta com titularidade própria e, então, compartilhar seus dados no local adequado do sistema. Nesse caso, basta:

  1. Acessar o sistema Meu Imposto de Renda (no e-CAC);
  2. Compartilhar os seus dados para fazer login no sistema;
  3. Clicar em “Resumo da declaração” no menu esquerdo da tela; 
  4. Procurar pela opção “Cálculo do imposto”; 
  5. Se houver valor a ser restituído, clicar em “Informações Bancárias"; 
  6. Preencher com os dados da sua conta;
  7. Salvar as informações;
  8. Aguardar o prazo para recebimento automático da restituição. 

 

Veja como é simples cadastrar a Conta Mercado Pago para receber a restituição:

 

  1. Acesse o app Mercado Pago e clique em cima do seu saldo em conta na seta ‘>’;
  2. Selecione a opção “Seus dados” e copie as informações;
  3. Agora, você precisa ir até o sistema “Meu imposto de renda”, selecionar a opção “Deduções Legais” ou “Imposto Simplificado”.
  4. Clique em “Informações bancárias” e preencha os campos com os dados da sua conta Mercado Pago, lembrando que o tipo de conta é “3 - Conta Pagamento”. Depois é só apertar o “Ok” e pronto!

Cadastro de Imposto de Renda

 

Fique atento aos prazos para recebimento da restituição


No site da Receita Federal, você consegue saber quais são as
datas para o pagamento da restituição do Imposto de Renda e, inclusive, em qual lote de pagamento você está. 

Verifique atentamente se as suas informações compartilhadas estão corretas para que não aconteça nenhum erro no pagamento. Dessa forma, você tem a chance de ter um dinheiro a mais para organizar sua vida financeira, seja para pagar contas, começar uma reserva de emergência ou fazer um investimento.

 

Guia Pratico sobre Imposto de renda


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados