Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Descubra os principais fatores que te fazem gastar mais dinheiro

Entenda situações e comportamentos que podem prejudicar suas finanças.
Casal sorrindo e sentados no sofá enquanto mexem no laptop

Economizar é fundamental para conquistar bens materiais, alcançar objetivos, realizar sonhos e, principalmente, não se endividar, sendo este um problema cada dia mais comum no Brasil.

Com isso, o primeiro passo para poupar e criar uma relação saudável com o dinheiro é a educação financeira tendo em vista que seu papel não é apenas reduzir gastos e despesas, mas fazê-lo compreender o valor do dinheiro, tendo consciência sobre como gasta, economiza e investe.

Sem esse preparo é natural que você tenha uma relação prejudicial com o consumo, o que te leva a gastar mais dinheiro com coisas supérfluas e que prejudicam sua saúde financeira. 

Descubra, abaixo, alguns dos motivos que podem estar aumentando seus gastos no dia a dia. 

 

O cenário do endividamento no Brasil


O descontrole das finanças não é exatamente uma exceção no país. Segundo dados da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), cerca de 69,7% da população está endividada e muitos apontam a impossibilidade de quitar suas dívidas por não terem dinheiro suficiente. 

A situação é ainda mais complexa quando se trata das famílias, pois, como aponta a pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 70,9% das famílias brasileiras se encontram atualmente endividadas, sendo um número recorde no país. 

Esse cenário pode ser motivo de estresse e insegurança para muitos, que não só veem seu padrão de vida comprometido, como podem acabar em uma verdadeira bola de neve financeira. 

 

8 fatores que te fazem gastar mais dinheiro


Guardar dinheiro é importante e ajuda a afastar perrengues financeiros, mas para isso é preciso entender o que te leva a gastar mais dinheiro do que realmente pode no dia a dia, podendo organizar sua financeira e, até mesmo, iniciar uma reserva de emergência e fazer investimentos.

Alguns dos principais motivos que te levam a ter mais gastos, são: 

 

  1. Falta de planejamento

Não ter uma visão clara de quanto se ganha e gasta é o principal ponto para perder o controle. A melhor alternativa é organizar o orçamento e, aliás, existem diversas ferramentas no mercado que te ajudam a administrar melhor seu dinheiro, além de fazê-lo render mais que a poupança. 

 

  1. Ausência de educação financeira

A falta de educação financeira leva ao uso do crédito de maneira irresponsável, pois sem conhecimento é natural você concordar com todas as condições de empréstimos e demais serviços financeiros, caindo em armadilhas que levam ao acúmulo de dívidas. 

 

  1. Crédito fácil

O acesso a serviços como cartão de crédito, cheque especial e crédito rotativo pode virar um verdadeiro pesadelo. Isso porque existem alguns modelos que têm os maiores juros praticados no mercado e, principalmente usados de forma combinada, tendem a comprometer a renda. 

 

  1. Parcelamentos

Fazer um parcelamento de um valor alto ou ter várias parcelas combinadas também te leva a gastar mais dinheiro do que deveria, prejudicando suas finanças. O ideal é que todas as parcelas, incluindo cartões de crédito, não representem mais de 30% da renda líquida

 

  1. Falta de objetivo

Quem não tem um objetivo em mente, fica mais propenso a gastar seu dinheiro de forma irresponsável. Já com um propósito, é mais fácil resistir às tentações. Assim, dificilmente você compromete seu  grande objetivo por uma “recompensa” momentânea. 

 

  1. Comprar por impulso

“Eu realmente preciso disso?”. Uma vitrine atrativa ou promoções sazonais podem levar às compras impulsivas. Tente esperar pelo menos um dia para fazer a compra e descobrir se você ainda sente necessidade de levar o produto para casa. 

 

  1. Necessidade de status

Pensar que consumir é importante para ser aceito também e, é um caminho para gastar mais do que pode. É importante entender seu padrão de vida e fazer planejamento para adquirir bens de forma responsável.
 

  1. Ser influenciado por gatilhos emocionais

Quem nunca comprou algo e se arrependeu depois? Segundo uma pesquisa do SPC Brasil, 52% dos brasileiros fazem compras por impulso com frequência. E isso, muitas vezes, acontece por conta dos gatilhos emocionais, como gatilho da tristeza, da euforia, ou da escassez, por exemplo.  

 

 

Como fazer para gastar menos dinheiro?


A boa notícia é que existem várias medidas práticas que vão te ajudar a cuidar do seu dinheiro, podendo investi-lo com consciência e responsabilidade para melhor sua saúde financeira. 

Para te ajudar nesse processo, separamos algumas dicas práticas. Confira: 

 

  • Controlar o orçamento

Comece registrando seus gastos e ganhos. Verifique se existem valores supérfluos que podem ser cortados. Depois, separe o quanto você pode gastar no mês por setor, como lazer e alimentação.

 

  • Focar nos objetivos

Se você quer fazer uma viagem, comprar um carro, entre outros, transforme isso em uma meta, pois ao ter um objetivo financeiro em mente se torna mais fácil você se manter focado na organização de suas finanças, evitando gastar mais dinheiro do que pode. 

 

  • Adiar as decisões de compra

Se apaixonou por algum produto? Deixe para fazer a compra no dia seguinte. Assim, você terá tempo suficiente para refletir se realmente precisa daquilo ou se é uma vontade passageira. 

 

  • Controlar suas emoções

Inteligência emocional também é uma aliada do orçamento. Entendendo melhor suas motivações, você consegue usar seus recursos de forma mais racional e evitar dores de cabeça. 

 

Planeje suas finanças e economize dinheiro


A educação financeira e um bom planejamento são instrumentos poderosos para aprender a economizar dinheiro e conseguir realizar seus objetivos e sonhos. Com isso, as boas práticas vão te ajudar na construção da tão sonhada relação saudável com as finanças!

 

Quer saber como cuidar do seu dinheiro?


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados