Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

O que significa taxa de administração na hora de investir?

Entenda como funciona essa cobrança e como ela afeta seus rendimentos.
Mulher sorrindo fazendo contas na calculadora

Antes de começar a fazer investimentos, é importante conhecer bem as práticas desse mercado, principalmente, no que diz respeito à cobrança de taxas, pois isso pode influenciar não apenas em seus custos, como também nos rendimentos na hora de investir.

Entre as taxas mais conhecidas, está a taxa de administração que, no passado, costumavam ser descritas através de letras miúdas que poucos investidores identificavam. Mas as práticas do mercado mudaram e hoje esse número fica explícito para todos os investidores observarem. 

Ou seja, as informações são tratadas com mais transparência para te auxiliar nos investimentos

Descubra, abaixo, mais detalhes sobre como funciona essa taxa e a importância que ela possui. 

 

O que é a taxa de administração em investimentos


A taxa de administração é uma remuneração paga pela gestão e administração do serviço. Ela é focada no pagamento desses prestadores de serviços, mas também pode ser destinada a outros profissionais que auxiliam na operacionalização dos fundos de investimentos

Geralmente, essa taxa corresponde ao valor percentual anual que cai sobre o montante investido no fundo. Ou seja, quanto maior o valor investido, maior será o valor pago pelo investidor. 

Vale destacar que, mesmo que ela seja uma taxa anual, o valor é calculado e deduzido diariamente de forma automática. Sendo assim, a cobrança da taxa de administração afeta o valor da cota, pois ele é atualizado todos os dias. Com isso, na prática, quando você consulta os valores que foram investidos nos fundos, esse montante já foi descontado. 

 

Como funciona a taxa de administração na hora de investir


Além do tamanho do aporte do investimento, outro fator que pode influenciar na taxa é a complexidade do produto. Em geral, fundos mais simples e com baixo risco praticam taxas administrativas mais baixas. Por outro lado, aqueles mais complexos e voláteis costumam ter cobranças mais altas, pois são mais trabalhosos para o gestor ou administrador. 

Por exemplo, você  investiu R$ 10 mil em um fundo cuja taxa de administração é 2,5% ao ano. Ou seja, você pagaria cerca de R$ 250 ao ano, cobrado diariamente, pela administração dos recursos.

Um ponto de atenção é que um fundo com taxa de administração menor não é necessariamente mais vantajoso que um fundo com taxa maior. Se um fundo cobra mais pelo investimento, mas tem uma melhor rentabilidade líquida, o valor será compensado pelos resultados positivos

Também vale destacar que, além da taxa de administração, existe a taxa máxima de administração. 

Isso acontece porque um fundo pode investir em outro fundo de investimentos, que já tem suas próprias tarifas. Em outras palavras, existe a taxa de administração do seu fundo somada à taxa de administração do fundo em que o gestor investir seu capital. 

Outro ponto de atenção é que nem sempre a gestão vai utilizar a taxa de administração máxima, pois ela serve como um limite para não prejudicar a rentabilidade dos investimentos. Sendo assim, se o gestor não fizer aporte em outros fundos, você paga apenas a taxa mínima. 

Por fim, se você quer investir deve ficar de olho se a rentabilidade mostrada nos fundos de investimento já estão deduzidas nessa cobrança. Além disso, é preciso ter em mente que os rendimentos podem ser tributados semestralmente ou no momento do resgate.

 

Existem outras taxas nos fundos de investimento?


A cobrança de taxas é uma rotina do mercado, por isso que nesse meio não existe apenas cobrança pela administração do investimento, mas também outras tarifas para ficar de olho. Vale ressaltar que não são todos os fundos de investimentos que cobram as taxas citadas abaixo, principalmente a taxa de carregamento, cada vez menos presente no mercado. Confira: 

 

  • Taxa de performance - Funciona como um incentivo para que a gestão do fundo busque sempre maiores rendimentos aos seus clientes. Ela é paga caso a rentabilidade de um investimento ultrapasse a meta. Ou seja, a taxa de performance permite que tanto o gestor,  quanto você sejam recompensados com um melhor desempenho do fundo. 

 

  • Taxa de saída - Caso a taxa de saída esteja prevista na lâmina do fundo, esse valor é cobrado referente ao montante que você resgatou antes do prazo estipulado na aplicação. 

 

  • Taxa de carregamento - Esse mecanismo é usado para te incentivar a permanecer mais tempo no fundo, permitindo que os gestores tenham tranquilidade para trabalhar com estratégias focadas em prazos maiores. É comum que a taxa de carregamento seja dividida em “taxa de entrada” ou “taxa de saída”. Em geral, a tendência é que ela diminua conforme a duração do investimento, podendo chegar a 0% segundo o regulamento de cada fundo. 



Fique atento às taxas e faça investimentos inteligentes! 


A taxa para administrar investimentos têm impacto direto na sua rentabilidade. Por isso, na hora de escolher a instituição financeira, leve em conta esses valores, a confiabilidade e a transparência. 

Assim, você protege seu patrimônio e mantém seu dinheiro rendendo.

 

Quer uma conta gratuita


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados