Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Como organizar as contas sem um salário fixo?

Conheça dicas para manter as finanças em dia, mesmo que possua uma renda variável.
Um homem fazendo contas em uma calculadora, enquanto folheia alguns papéis

A vida de quem não tem um salário fixo exige ainda mais organização financeira, já que sem uma renda fixa mensal, os ganhos podem variar bastante. Além disso, a falta de controle de gastos complica mais a situação, levando a prejuízos, dificultando o acesso a serviços financeiros e, em último caso,  entrando  no vermelho e aumentando  as chances de contrair dívidas. 

Para evitar o descontrole, a saída é organizar as contas. Com isso, é possível ver o dinheiro sobrar no fim do mês, ter mais estratégias de economia, sem falar na oportunidade de conquistar sua estabilidade financeira. 

A seguir, veja dicas de como organizar sua vida financeira. 

 

6 formas de organizar as contas sem um salário fixo


Se você quer organizar as contas para quitar dívidas, conseguir criar uma reserva de emergência e, até mesmo, começar a investir, listamos algumas dicas essenciais para gerenciar suas finanças. 

 

  1. Tenha um controle financeiro

Tudo começa com uma boa organização. Seja numa planilha ou aplicativo, é preciso anotar tudo que ganha e gasta detalhadamente. Fazendo o mapeamento, você vai ter uma noção exata para onde vai seu dinheiro e como é usado. 

Assim, você identifica o que realmente precisa no seu dia a dia ou não. Também é uma forma de se preparar para os altos e baixos da sua renda. 

  1. Identifique seus ganhos fixos

Se você tem algum trabalho que tem certeza de ganho, aproveite esse valor. Pode ser salário base, no caso de vendedores comissionados ou, então, um trabalho fixo com contrato, no caso de freelancers, por exemplo. Independente de como funcionam seus ganhos, é essencial anotar quais rendas fixas você tem a receber nos próximos meses. 

  1. Defina metas de economia e ganhos

Independente de qual seja seu sonho, é preciso estabelecer metas financeiras. Com elas, você tem mais estímulos para manter seu planejamento financeiro e fazer economias necessárias durante o processo. 

  1. Invista seu dinheiro a curto e longo prazo

Quem já consegue juntar dinheiro pode começar a investi-lo. E nem precisa ganhar muito para fazer investimentos, certo? Por exemplo, você pode fazer um investimento de baixo risco, com uma conta que rende mais do que a poupança. É só deixar o dinheiro parado e vê-lo rendendo automaticamente todos os dias. 

  1. Elimine os gastos desnecessários

Quando não se tem um salário fixo, o ideal é ter o mínimo de valores comprometidos com despesas todo o mês. Por isso, eliminar gastos desnecessários e enxugar as finanças é o melhor caminho. Você pode revisar com frequência suas assinaturas de plataformas de filmes, verificar se têm planos mais acessíveis de internet e assim por diante. 

  1. Faça um planejamento financeiro mês a mês

Trabalhando sem um salário fixo, todo cuidado com o planejamento se torna ainda mais importante. Por isso, nada de preguiça na hora de fazer o acompanhamento do que entra e sai de dinheiro. Procure ficar de olho em todos os gastos, até o cafezinho na padaria. 

Isso porque existem diversas despesas “escondidas” no mês que acabam passando em branco - geralmente, valores menores que juntos podem fazer a diferença. Para te ajudar a gerenciar tudo com mais economia, você pode movimentar seu dinheiro em uma conta que oferece serviços gratuitos e vantajosos, como cartões sem anuidade, programa de recompensas e rendimentos automáticos.

 

Organize suas contas e fique longe dos perrengues financeiros


Organizar as contas pode ser uma tarefa mais simples do que você imagina, basta criar o hábito e aproveitar as dicas acima para aperfeiçoar as estratégias com suas próprias experiências. Tudo começa com um bom planejamento e organização. A recompensa é fechar o mês no azul sempre e esbanjar saúde financeira.

 

Guia Prático Finanças Pessoais


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados