Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Vale Refeição e Vale Alimentação: qual a diferença entre eles?

Entenda o que diz a lei sobre esses benefícios tão importantes.
Mulher usando o cartão de benefícios para comprar alimentos

No Brasil, a oferta de benefícios como vale refeição e vale alimentação não é considerada uma obrigação legal imposta ao empregador, exceto em alguns casos de instituições vinculadas a sindicatos que possuem esses benefícios previstos como obrigatórios.

Ainda assim, grande parte das empresas optam por oferecer esse incentivo como um benefício corporativo, impactando diretamente na sua qualidade de vida e economia do salário.

Mas para garantir que essa oferta seja realmente vantajosa para você e os demais colaboradores da sua empresa, é importante que os gestores façam cálculos que ajudem a chegar em um valor adequado de vale refeição ou alimentação.

 

As diferenças entre vale refeição e vale alimentação


Apesar de serem benefícios corporativos diferentes, o vale refeição e vale alimentação têm a mesma função de proporcionar segurança alimentar para os colaboradores, o que contribui para que você e o restante da equipe trabalhem com mais satisfação e melhorem sua produtividade. 

Na prática, porém, eles apresentam algumas diferenças em relação à concessão e ao uso. Para começar, o vale alimentação geralmente é mais flexível, aceito amplamente em supermercados, mercearias, açougues, hortifrutis, entre outros. Ou seja, é mais direcionado às compras do mês, conseguindo beneficiar todo seu núcleo familiar.

Já o vale refeição, por outro lado, é indicado ao colaborador que deseja mais praticidade no seu dia a dia, pois ele permite adquirir suas refeições em restaurantes, lanchonetes, entre outros. 

Vale ressaltar que ambos os benefícios não são obrigatórios, apenas em casos específicos. Nessas situações a oferta é prevista em contrato, acordo de trabalho ou convenção coletiva, podendo ter natureza indenizatória com impacto nos tributos, como FGTS e verbas trabalhistas. 

 

Como calcular o vale refeição e vale alimentação


Como não se trata de algo obrigatório, não existe um valor específico que sua empresa precisa adotar, exceto quando o mínimo é estipulado pelo sindicato para o vale refeição e alimentação.

Nesse caso, é importante os gestores da sua empresa analisar o cenário e encontrar um valor considerado coerente com suas necessidades e com os preços do mercado, e a partir disso, fazer o cálculo a cada mês, multiplicando o valor do benefício diário pela quantidade de dias trabalhados naquele período. Com isso, o resultado será o montante a ser creditado.

Um ponto de atenção relacionado ao valor distribuído para esses benefícios é o fato de que o parágrafo terceiro do artigo 458 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) delimita que ambos os benefícios não podem exceder 20% da sua remuneração. Por isso, as empresas têm um certo cuidado com esse repasse de saldo, incluindo essa regra na sua política de benefícios.

 

As vantagens do vale refeição e vale alimentação 


O vale refeição e alimentação são capazes de te auxiliar a ter uma vida mais saudável e econômica, além de aumentar seus níveis de satisfação em relação à empresa que trabalha. Outras vantagens que esses benefícios podem proporcionar a você são: 

 

  • Diminuir gastos com alimentação: uma das principais despesas de qualquer família diz respeito à comida. Com o aumento nos preços dos itens nos supermercados e nos restaurantes, oferecer esse tipo de auxílio tem impacto direto no seu bolso, proporcionando economia e permitindo que o salário seja gasto com outras necessidades.

 

  • Melhora da qualidade de vida: é bem mais cômodo para você saber que todo mês receberá um valor destinado à alimentação ou refeições. Isso favorece o planejamento financeiro, além de garantir acesso à comida. Outro ponto é a autonomia, já que você poderá usar o valor como desejar e em produtos da sua preferência.


  • Incentivo a se alimentar com qualidade: proporcionar esses benefícios é proporcionar saúde, ajudando a mantê-lo saudável e com mais qualidade de vida, realizando seu trabalho com mais eficiência e com menores chances de adoecer. 

 

  • Aumento da sua remuneração: mesmo não sendo parte do salário, receber um vale refeição ou alimentação certamente aumenta seu poder de compra. Além disso, não há descontos ou encargos e você recebe 100% do benefício para usufruir como desejar.

 

Aproveite os benefícios que sua empresa oferece! 


Os vales refeição e alimentação são benefícios corporativos que te ajudam a poupar seu dinheiro, ter mais bem-estar, além de ser um ótimo incentivo para mantê-lo engajado na empresa. 

Aliás, existem diversas ferramentas que facilitam essa oferta de benefícios para você e outros colaboradores da empresa, tornando seu consumo mais prático e dinâmico. 

Converse com os gestores da sua empresa e verifique a possibilidade de receber mais benefícios!

 

Ebook_Beneficios_Corporativos_Mercado_Pago


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados