Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Segurança: como seu dinheiro fica protegido na compra de criptomoedas

Descubra como manter suas criptomoedas seguras na hora de comprar, vender ou guardar.
Mão segurando moeda de bitcoin

Se você está pensando em comprar Bitcoin e outras criptomoedas, provavelmente o que despertou seu interesse foram as altas dos preços nos últimos tempos.

Sem ignorar as possíveis quedas depois das valorizações, é normal que a vontade de ter um dinheiro 100% digital e com potencial de crescimento gere inúmeras perguntas. 

Por exemplo, só no início de 2021, o volume semanal de pesquisa no Google atingiu seu mais alto nível em todo o mundo. Entre tantas pesquisas, uma dúvida comum é sobre como comprar criptomoedas com segurança. Para responder tudo que você precisa saber a respeito desse assunto, trouxemos as principais dicas para você ficar tranquilo depois de comprar suas criptos.

Por que as criptomoedas são seguras?

As criptomoedas estão protegidas graças à tecnologia blockchain (cadeia de blocos, em tradução livre) e aos sistemas avançados de criptografia. A blockchain é um sistema de armazenamento de dados, que rastreia e verifica todas as transações feitas. Uma vez que foram salvas e aprovadas na rede é impossível fazer qualquer modificação.

Já a criptografia funciona como uma camada de segurança que dificulta qualquer tipo de fraude. Basicamente, ela usa um conjunto de técnicas para proteger as informações, assim, somente quem tem a chave consegue acessá-las.  

Ou seja, quem compra criptomoedas não precisa se preocupar com o funcionamento desse processo em si. O grande ponto de atenção é a escolha da plataforma para comprar, vender e guardar os valores. Afinal, muitas delas já foram alvo de golpistas na internet. A seguir, entenda como proteger suas criptos. 

5 dicas para garantir a segurança das suas criptomoedas 

As criptomoedas estão totalmente protegidas nas plataformas que você escolheu para comprar, vender e, até mesmo, guardar quando você segue algumas medidas de segurança.

1. Escolha uma plataforma segura

Atualmente, já existem mais de 400 plataformas ao redor do mundo para negociação de criptomoedas. Para você saber onde comprar criptomoedas com segurança, escolha uma plataforma que passe confiança através do seu histórico e mecanismos de proteção à disposição. Veja alguns exemplos de perguntas que podem ser respondidas:

seta2 Como estão as citações na imprensa e comentários dos clientes no Reclame Aqui?
seta2 Quais são os procedimentos de segurança oferecidos para sua conta? 
seta2 Há quanto tempo está no mercado? 
seta2 Qual é o volume de transações ou número de usuários?
seta2 Tem redes sociais ativas e canais de atendimento? 

2. Crie uma senha forte 

Além da segurança da plataforma, é indispensável que você também tenha alguns cuidados no dia a dia para contribuir ainda mais com a eficiência das funções e recursos disponíveis. Sendo assim, um dos primeiros cuidados é a senha. 

Nada de colocar nome de animais de estimação, datas de aniversário ou outras informações que podem ser descobertas por outras pessoas. Procure sempre fazer escolhas mais complexas. Mas, afinal, o que é uma senha forte e como protegê-la?

seta2 São compostas por números, símbolos, letras maiúsculas e minúsculas. Exemplo: S3nh@_Se9Ur@! 
seta2 Nunca use a mesma senha para diversos sites e aplicativos.
seta2 Jamais passe o código de autenticação para outra pessoa.

 

Além de tudo isso, é importante que você memorize sua senha, ou seja, nada de anotá-la no bloco de notas do celular, por exemplo, ou qualquer outro lugar que possa ser acessado por outra pessoa. 

3. Ative a verificação em duas etapas

A verificação em duas etapas, ou dois fatores (2FA, na sigla em inglês), funciona como uma segunda camada de segurança para aumentar a proteção da sua conta. Sem falar que é uma das maneiras de evitar que alguém acesse sua conta sem autorização, mesmo que saiba sua senha.

Na prática, o acesso será feito pela combinação da sua senha pessoal e de uma senha de seis dígitos gerada a cada 30 segundos através de um aplicativo instalado no seu celular. Para utilizar essa opção, basta seguir o passo a passo nas configurações de segurança da sua conta.

4. Tenha cuidado com sites, apps e mensagens recebidas

A clonagem de sites e aplicativos é um golpe comum na internet, que também acontece nas plataformas de criptomoedas. Com páginas praticamente idênticas às oficiais e diversas outras estratégias, os criminosos conseguem induzir as vítimas a entregarem suas informações. 

Pode ser um endereço de e-mail que muda uma letra no nome, uma página falsa de um aplicativo, uma mensagem enviada em um canal que jamais seria usado, entre tantas outras possibilidades. Sabendo disso, fique atento a cada operação realizada, procurando seguir algumas medidas de segurança.  

seta2 Verifique se o site possui o cadeado antes da barra de endereço, seguido pelo código https://;
seta2 Se possível, salve o site oficial nos seus favoritos;
seta2 Faça os downloads dos aplicativos nas lojas oficiais dos sistemas iOS e Android;
seta2 Procure descobrir quais são os endereços de e-mails usados nas comunicações com os clientes, por exemplo notificações de acesso, atendimento, informação e suporte;
seta2 Sempre que receber uma mensagem, verifique com atenção o endereço do e-mail;
seta2 Nunca clique em links ou anexos enviados por e-mail que você não tenha certeza absoluta da segurança;
seta2 Na dúvida, busque informações nos canais oficiais da plataforma.

5. Proteja seus dispositivos de acesso 

Além de todas essas medidas de segurança, é comum ter invasões de dispositivos para roubo de informações. Por isso, também é recomendável ter uma atenção redobrada com as formas de acesso, seja no seu computador, celular, tablet ou qualquer outro dispositivo. 

seta2 Use uma senha forte para desbloquear seu celular, se possível, opte por reconhecimento facial ou impressão digital;
seta2 Tenha um antivírus ativado;
seta2 Escolha uma rede segura, dando preferência à sua própria conexão;
seta2 Nunca deixe a janela da sua conta aberta depois do uso.

 

            👉Leia também: Como o preço das criptomoedas varia

Use as estratégias de segurança para comprar, vender e guardar suas criptomoedas sem medo

Seja dinheiro físico ou digital, segurança é um assunto fundamental, mas o importante é que não seja uma preocupação quando você segue as medidas de proteção e conta com boas plataformas. A vantagem é que com as criptomoedas você ainda conta com a blockchain e a criptografia para deixar tudo ainda mais seguro.

Escolha uma plataforma séria para comprar e administrar suas criptomoedas!

 

New call-to-action


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados