Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Open Finance Brasil: por que seus dados estão seguros?

Saiba tudo sobre a segurança para o compartilhamento de dados no novo sistema financeiro
Consumidora compartilhando seus dados financeiros de forma segura no Open Finance

O Open Finance, novo sistema financeiro aberto, chegou para mudar a forma como as pessoas se relacionam com instituições financeiras, oferecendo autonomia e liberdade de escolha a produtos e serviços mais vantajosos e personalizados. 

 

Com tantas vantagens anunciadas pelo Banco Central, é normal que uma das principais dúvidas seja quanto ao compartilhamento de dados. Afinal, o Open Finance é seguro?  

A resposta é sim e vamos explicar por que você não precisa se preocupar com nada.            

Como funciona a autorização para compartilhar dados no Open Finance? 

As instituições participantes do Open Finance no Brasil somente poderão compartilhar seus dados se completarem três etapas:

1- Consentimento

Você escolherá livremente os dados que deseja compartilhar entre os bancos ou contas digitais que desejar  e a finalidade com que estas informações serão utilizadas.

2- Autenticação


O banco ou conta digital onde estão os dados inicialmente precisa comprovar a sua identificação através de mecanismos de segurança, como senhas, biometria ou outros métodos;

3- Confirmação


Nesta última etapa, você confirma as informações preenchidas para  que aconteça o compartilhamento.

Assim que completar os três passos, a instituição que você escolheu poderá consultar suas informações para se certificar da autorização. Lembrando que os dados compartilhados ficam guardados apenas durante o período de consentimento. 

 

              Leia também: Descubra 6 fatos sobre o Open Finance

    

Mas, afinal, como seus dados estão protegidos no Open Finance? 

O Banco Central supervisiona todo o processo do Open Finance no Brasil. Dessa forma, só as instituições autorizadas podem oferecer o sistema e todos os participantes asseguraram confiabilidade, disponibilidade, integridade e segurança no compartilhamento das informações, da mesma maneira que acontece com outros sistemas, como TED, DOC e Pix.

Além disso, diferentes regras de segurança cibernética são exigidas e as instituições autorizadas são responsáveis pelo cumprimento delas. O Open Finance também conta com certificações  FAPI/CIBA, que são tecnologias usadas no mundo inteiro para ajudar na proteção do processo.

Assim, cada vez que você compartilhar seus dados com um banco ou carteira digital, você terá controle total das informações e do tempo de validade do consentimento . Ou seja, caso mude de ideia, é só eliminar as permissões a qualquer momento.

Todo o processo de autorização ocorre de maneira digital, seja num aplicativo ou no site oficial da instituição com a qual você gostaria de compartilhar os dados. 

 

Dica: se você utilizar o aplicativo do celular, terá alguns controles adicionais que aprimoram a segurança no processo, pois existem recursos que permitem identificar se quem está utilizando o aparelho é o dono ou se foi hackeado ou roubado. Ou seja, as fraudes são verificadas mais facilmente.


Mas caso você escolha fazer pelo computador, preste atenção no endereço do site, ele terá um cadeado na barra do navegador que indicará que você está em um site seguro. 

 

7 dicas de segurança para não cair nos golpes

Mesmo com toda a segurança dos sistemas financeiros, os golpistas encontram estratégias para enganar as pessoas, que acabam entregando seus dados. Para não ser vítima de nenhuma fraude, veja algumas medidas simples:

  1. Caso receba mensagens suspeitas nas redes sociais, atente-se aos selos de verificação azuis, que garantem a autenticidade das contas oficiais da companhia usadas nas plataformas;

 

  1. Em caso de dúvidas, é possível consultar os endereços das redes sociais do Mercado Pago pelo portal;

 

  1. O usuário não deve considerar nenhuma mensagem recebida pelas mídias sociais, WhatsApp ou telefone em nome do Mercado Pago. Qualquer tipo de solicitação, é feita somente pela plataforma ou pelo aplicativo;

 

  1. Não informe a outros usuários seus dados de contato, endereço de e-mail e número de celular. Essas recomendações estão disponíveis nos termos e condições de uso do Mercado Pago;

 

  1. Ative a autenticação de dois fatores para acessos e segurança da conta dos usuários;

 

  1. Realize a troca de senha da conta com frequência. Evitar senhas curtas e fáceis; 

 

  1. Se o cliente suspeitar que o contato recebido por ele, por telefone, redes sociais ou qualquer outro canal, não tenha partido do Mercado Pago/ Mercado Livre, ele deve acionar a plataforma pelo link

 

💡Leia também: Planejamento financeiro - Como se organizar e cuidar melhor do dinheiro

 

Compartilhe seus dados financeiros no Open Finance com segurança 

A possibilidade de ganhar autonomia e liberdade para administrar seu dinheiro através de uma instituição não precisa mais ser apenas um desejo distante ou difícil de imaginar. 

Agora, todo mundo pode ter escolhas mais vantajosas e seguras, decidindo a melhor forma e o tempo de compartilhamento de seus dados. Participe do Open Finance e viva um sistema financeiro aberto! 

 

New call-to-action


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados